AMIZADE VERDADEIRA: POR QUE É TÃO DIFÍCIL FICAR FELIZ POR ALGUÉM?

Sempre escutei que amizade verdadeira é aquela que está com você em todas as horas, principalmente nas ruins. Aquela que você pode ligar a qualquer momento para falar dos seus problemas no trabalho,  no relacionamento e na vida.

Tenho certeza que você já ouviu que a real amizade está relacionada a aquele amigo que te dá o ombro pra chorar nos momentos mais difíceis.

Acertei?

De acordo com os padrões, os melhores amigos estão encarregados das partes mais tristes e os amigos do momento, de viver as alegrias com você.

Mas será que amizade verdadeira é isso mesmo? 

Eu sempre fui muito “conservadora”. Nunca gostei de festas, bebidas ou muita badalação. Sempre fui a “caretona” do grupo. A do cinema, teatro, vídeo game e que gosta de viajar para ver os amigos.

Afinal de contas, minha vida é marcada pela distância física. Todos os meus relacionamentos amorosos e boa parte das minhas poucas amizades, se iniciaram com a distância.

Desde muito cedo eu era atleta de Judô e isso fez com que eu conhecesse muitas pessoas que moravam em outras partes do país. Por isso, todas as vezes que vejo esses amigos, faço de tudo para vivermos intensamente o presente e matar a saudade.

amizade verdadeira como saber

Por tudo isso, sempre dei muito valor ao toque físico, abraços e bons momentos.

Mas eu descobri uma coisa depois de todo esse tempo:

Estar nos momentos complicados é muito fácil. Difícil mesmo é olhar pro outro sem se sentir ameaçado. 

É muito bom ter um amigo do peito que sempre vai estar ao seu lado, não importa o que aconteça. Mas depois de um tempo, você percebe que não é bem assim que a banda toca.

Nos últimos 5 anos, minha vida mudou várias e várias vezes. Houveram fracassos, vitórias e evoluções. Com o passar do tempo, meus desafios e provações foram aumentando. Afinal de contas, as responsabilidades e obstáculos chegam para todos.

Diante disso, descobri que amizade verdadeira é aquela que consegue ficar feliz com suas conquistas e vitórias.

Aquela que vai estar em meio a uma tempestade te aplaudindo e gritando pra todos ouvirem: “Eu já sabia!” \o/ 😀

E se ela não puder estar presente nesse dia, estará tudo bem. Pois haverão ligações e presença espiritual. 

Dar o ombro é simples. É simples por que é muito bom estar ao lado e ajudar alguém que admiramos e gostamos.

Mas é simples também por que essa é uma situação que envolve o ego. Envolve por que você se sente capacitado para fazer o melhor na vida de alguém.

Claro que isso não quer dizer que a ajuda não seja verdadeira. Acontece que durante todas as vezes que você ajuda alguém, talvez você esteja se auto convencendo de que é capaz de fazer a diferença e, automaticamente, alimenta seu ego.

Mas sabe o que acontece depois? 

Nos deparamos com o sucesso daquela pessoa e instantaneamente, com a nossa decepção. Decepção ao não saber entender e lidar com o sucesso do outro.

Ver as conquistas de alguém faz com que olhemos para dentro e para o ponto em que estamos

E a verdade é que nem sempre gostamos do que vemos. É ai que passamos a colocar nossas amizades em risco.amizade verdadeira

A leveza, o sucesso e o diferente ofendem. 

Agora reflita comigo: qual o sentido de estar ao lado de alguém, estar nos momentos complicados e não compartilhar com essa amizade suas maiores vitórias e aquilo que você tanto se orgulha?

Quando alguém não se mostra interessado e corre dos momentos da sua glória, atente-se: será que essa é realmente uma amizade verdadeira?

Não ficar feliz pelo outro é deixar o ego vencer a batalha, é se achar superior pelo simples fato de que as conquistas dele vieram antes das suas. 

Se você está incomodado com o sucesso de alguém, cuidado! Talvez tenha algo te desconcentrando. O problema pode estar aí dentro. Talvez você esteja insatisfeito consigo e está externando isso de maneira equivocada.

Entretanto, tenha calma. Você não precisa se sentir mal.

Isso não necessariamente faz de alguém uma má pessoa. Talvez um dos lados simplesmente não está preparado para fazer parte dessa amizade. Talvez uma das partes esteja com dificuldades e não se encontrou. (ainda)

Mas por que eu estou aqui externando isso pra você?

Por que quando eu descobri que meus amigos reais são aqueles que irão me aplaudir e vibrar comigo, tudo começou a fazer sentido sobre amizade verdadeira.

Mas isso também me fez entender que a gente precisa aceitar os desafios da vida e encará-los de frente. Aceitar que na maior parte da batalha sou eu x eu. E realmente vai ser assim.

A compreensão é simples porque só quem é um claro visionário, está pronto para ficar feliz pelo outro. Assim conseguimos perceber que o fato de alguém estar no topo, não anula nossas chances de também chegar lá.

Ser responsável por suas atitudes, ser inteiro e ser você: esse é o segredo para construir grandes elos. 

A parte boa de estar de bem consigo é que você vai entender as fases das pessoas e não vai mais se chatear quando o outro não for mais seu amigo… haverá respeito e você simplesmente vai encontrar as pessoas certas para você.

Mas sabe um jeito fácil de reconhecer os verdadeiros amigos? Eles te conhecem e “te acompanham”.

Ainda que vocês não se falem todos os dias, não chorem juntos… um amigo verdadeiro se interessa pelo seu caminho, pelo lugar que você está, por quem você está sendo mesmo que vocês não se falem há muito tempo. Ele quer te engrandecer por suas conquistas, ter orgulho de você. 

Eu espero que você esteja ligado (a) nisso para encontrar pessoas assim na sua vida.

Porque estar perto de alguém na hora difícil, do escorregão ou dos erros é muito simples, pois o fracasso causa um sentimento automático de compaixão.

Complicado é ser verdadeiro, aplaudir de peito aperto e sorridente a pessoa que está no palco.

O fato de aplaudir alguém brilhante em um palco não exclui suas chances de fazer o mesmo. As chances sempre dependem de você.

Lembre-se que a batalha principal é entre você x você. 

Se acontecer de você olhar pra dentro de si e não se sentir feliz com o que encontrar, não gaste energias sofrendo com as vitórias desse amigo. Seja grato por ele estar te mostrando que você pode alcançar todos os seus objetivos também.

Notar isso é grandioso e leve, e só tendo essa visão que você terá a capacidade de reconhecer as pessoas que vão te levar para a excelência, que irão te reerguer e te ajudar a ser quem você deseja ser.

E não se preocupe com quantidade, se você tem 10 amigos ou apenas 3. No final das contas, o que importa é a qualidade dos vínculos que você tem e não o número final. Entenda melhor assistindo esse vídeo. 🙂

Se depois de ler esse artigo você perceber que aquela pessoa talvez não seja sua amiga, não fique triste. Afinal de contas, não queremos uma amizade superficial. Eu quero pessoas inteiras e você também.

Entretanto, se você percebeu que tem amigos reais, que tal demonstrar isso pra eles nesse momento? 😀


Espero que você tenha gostado desse artigo e que ele tenha lhe trazido mais clareza sobre a amizade verdadeira! =]

Obrigada por sua leitura, te espero nos comentários! o/

Vou ficando por aqui. Desejo boas escolhas e muito sucesso pra você! =D

Gostou deste artigo? Assine a lista VIP gratuita e receba mais conteúdos inspiradores! 😀

 

21 primaveras completas. Empreendedora e blogueira apaixonada pelo mercado digital e a conexão entre pessoas online.

Criou conteúdos para sites, é amante de produção audiovisual, ingressou no e-commerce, social media e marketing digital.

Sua missão é inspirar pessoas a subirem para o próximo nível, mostrar que a revolução pessoal e digital está apenas no começo e que ainda há muito o que ser criado todos os dias.

“Daqui a um ano, você vai desejar ter começado hoje.” – Karen Lumb

Jessika Mendes

21 primaveras completas. Empreendedora e blogueira apaixonada pelo mercado digital e a conexão entre pessoas online. Criou conteúdos para sites, é amante de produção audiovisual, ingressou no e-commerce, social media e marketing digital. Sua missão é inspirar pessoas a subirem para o próximo nível, mostrar que a revolução pessoal e digital está apenas no começo e que ainda há muito o que ser criado todos os dias. "Daqui a um ano, você vai desejar ter começado hoje." - Karen Lumb