MEDO DO FRACASSO: ESPERAR AS CONDIÇÕES PERFEITAS PODE ARRUINAR VOCÊ.

Ja pensei ser possível iniciar todos os meus projetos arquivados na gaveta imaginária dos sonhos e metas. Inclusive já quis ter super poderes para concluir todos os meus objetivos em tempo recorde e fugir do medo do fracasso.

Seria incrível se todos os seus sonhos e metas fossem realizados da noite pro dia, não é mesmo? Mas obviamente esse cenário não existe.

Eu gostaria de deixar claro que esse artigo visa ser um ponto fora da curva. Eu espero que você não esteja aqui para encontrar somente frases de motivação. Espero muito. E se for esse o caso, espero decepcioná-lo (a).

Eu quero te mostrar novas visões e perspectivas sobre começar e usar o poder do “day by day”, de concluir etapa por etapa com calma entendendo a importância de cada dia de esforço na sua vida.

A minha intenção não é te motivar por 5 minutos e sim pelos próximos dias, semanas, meses e anos.

Como o medo do fracasso pode arruinar você

medo do fracasso-mude pra ontem

Muito provavelmente você tem uma ideia genial borbulhando aí na sua cabeça. Ou quem sabe uma vontade imensa de evoluir, mudar de emprego, se formar ou emagrecer.

Você só não começou esses projetos ainda por que não tem dinheiro, tempo disponível e tem medo do fracasso.

Sem falar que você está exausto (a), precisa cuidar das crianças, pagar aqueles boletos atrasados, ler 8 livros, estudar pra prova e iniciar de vez aquele curso caro onde foi investido todas as suas economias há meses.

Fora que o dia tá chuvoso e com uma cara de preguiça irrecusável.

Você até acha legal iniciar a pós graduação ou potencializar seus estudos para algum concurso. Ou talvez aprender a tocar violão, nadar, cozinhar e falar em público com maestria.

Você gostaria de ser referência no que faz e ter milhares de pessoas te admirando. Quem sabe até iniciar os estudos daquela língua estrangeira que mudaria suas perspectivas e oportunidades.

Mas você não faz nada disso porque ainda não está pronto (a). Você pensa que vai estar pronto em seis meses, um ano ou quem sabe cinco.

Mas eu preciso te dizer: você não vai.

Não existe uma data específica para se estar preparado

medo do fracasso-mude pra ontem

As condições perfeitas para o seu feito nunca vão existir. Os motivos que te levam a não começar não está relacionado com o seu tempo, filhos, emprego ou chefe. É por medo do fracasso.

Talvez o medo de fracassar seja o medo de maior impacto nos humanos. Ser reconhecido como fracassado é como uma facada no meio do peito.

Nós temos o extremo medo da falha. Odiamos passar vergonha, ser menoprezados e considerados em qualquer coisa como “errados”.

E isso acontece pelo simples fato de pensarmos que as pessoas estão nos julgando a todo e qualquer momento.

Agora, se você acha que por ter dificuldade de se apresentar em público as pessoas vão lembrar de você antes de dormir e no dia seguinte contar — aos risos — pros amigos sobre sua vergonhosa tentativa, pode ser que você esteja enganado.

Nós somos o centro do nosso universo, e por isso, temos extrema dificuldade em entender que as outras pessoas também são o centro do universo delas. O mundo gira em torno delas e elas também acham que você está as julgando o tempo todo, quando na verdade você só está preocupado com o que irá fazer depois do trabalho.

Diante desse cenário claro e até cômico, por que você ainda hesita em começar hoje?

Ah, claro. Porque você acha que vai estar mais preparado no próxmo ano. Mas será que começando hoje, você não estará mais preparado ano que vem?

Você precisa dar o 1º passo

medo do fracasso-mude pra ontem

Passamos anos e anos estudando a teoria e colocando pouca coisa em prática. Não adianta estudar e ler muito sobre natação sem colocar o corpo na água e tentar.

“Daqui a um ano, você vai desejar ter começado hoje.”  — Karen Lumb

Todos nós temos ego. E isso não quer dizer necessariamente algo ruim. É, na maioria das vezes, o que nos mantem sonhadores e perseverantes. Mas é também o responsável por vitimização e dramas.

E junto com tudo isso, vem o medo de fracassar e se sentir inferior diante das pessoas, principalmente familiares e amigos.

Lembro-me que eu tinha muito medo no começo da minha caminhada competitiva no Judô. Eu tinha medo de perder, medo de me machucar, medo de não bater o peso, medo do que meus treinadores iriam pensar se eu errasse um golpe, medo de decepcionar meus pais e meus amigos. Foi difícil aprender que aquele medo poderia ser convertido em motivação.

Não pense você que medo do fracasso se resume a altos batimentos cardíacos, pernas trêmulas, mãos suadas — quase uma paixão. O medo pode ser invisível e chegar através de auto-justificativas trabalhosas.

A procrastinação é um tipo de medo. Por ser a mais simples de aceitarmos, acaba sendo a mais comum. Você não tem coragem de fazer hoje, mas não afirma que não irá fazer. Diz que vai fazer no dia seguinte. E assim, segue empurrando com a barriga dia após dia…

Como você pode, então, começar hoje?

Você pode começar hoje se entender que, não importa quando se começa, você irá falhar — e isso é bom. Entenda que você muito provavelmente vai ser muito ruim antes de ser muito bom e encontrar a excelência. A maioria das pessoas que alcançaram seus maiores objetivos, começaram com pouco e falharam dezenas de vezes.

“Eu não falhei 10.000 vezes. Eu descobri 10.000 soluções que não funcionavam.”  — Thomas Edison

Entender a ordem dos seus objetivos é crucial

medo do fracasso-mude pra ontem

Imagine um bebê que ainda não sabe andar em três casos. No primeiro ele se nega a tentar, simplesmente porque tem medo de cair. No segundo ele tenta, mas em sua primeira queda decide nunca mais tentar, preferindo ficar no chão. Na terceira ele tenta, cai e levanta dezenas de vezes.

Dessas 3 opções, qual é a unica que o levará ao aprendizado?

Agora, só para impactar um pouco mais: imagine um bebê que já nasceu sabendo andar.

Esse é o raciocínio que precisamos ter e aplicar a tudo que queremos fazer durante a vida. É igualmente absurdo você pensar que vai mudar de emprego, passar em um concurso, criar seu própio negócio, emagrecer ou falar em público pela primeira vez com a naturalidade de quem já faz isso há muito tempo e aprendeu de forma demorada e constante bloqueando o medo do fracasso.

Esqueça o peso de ter que ter tudo em perfeitas condições já nas primeiras tentativas. Talvez você comece sendo bem ruim, ou na melhor das hipóteses, mediano. E tá tudo bem.

“Não importa sua velocidade e sim sua direção.”  — Carlos Hilsdorf

O grande segredo por trás das pessoas de sucesso

medo do fracasso-mude pra ontem

Sabe as pessoas das quais você admira? Elas também encontraram formas de mandarem o medo do fracasso pra muito longe.

O segredo é agir de frente com o medo. É pegar a câmera com as mãos trêmulas, mas pegar. É fazer aquela ligação para um potencial cliente suando de nervosismo, mas ligar. É estudar o conteúdo daquele concurso que você quer tanto ser aprovado com o medo da reprovação, mas estudar.

É se colocar fora da zona de conforto. Você sabe que num primeiro momento vai ser horrível e incomodo, mas vai ser exatamente ali que você irá evoluir, aprender, amadurecer e assim, encontrar seu conforto novamente.

Arrisque-se. O “não” você já tem.

 

medo do fracasso-mude pra ontem

Você quer aprender a lutar, mas ao invés de entrar em uma academia de lutas e começar a aprender golpes, você abre um artigo ou vídeo falando sobre o assunto. Você vê historias de grandes lutadores contando sua trajetória e dificuldades, assiste unboxing de luvas, shorts, e por aí vai.

E tem algo de errado em fazer isso? Não. O ponto a ser observado é: o que você faz além disso? Você consome todo esse conteúdo sobre mudar, produtividade, procrastinação, ama frases de desenvolvimento, mas faz algo além disso?

Você faz tudo mas a única coisa que não faz é dar o primeiro e principal passo. Você não tenta emagrecer de vez e ter uma boa saúde porque acha que não vai se adaptar a reeducação alimentar — e diz que as comidas saudáveis tem gostos ruins.

Isso tem nome: falta de prioridade. Tudo que você faz hoje é uma prioridade sua. Estar lendo esse artigo nesse momento é uma prioridade. Você poderia estar fazendo outras coisas, por exemplo.

Se você come mal, não cuida de si e das metas que gostaria de concluir: isso é uma prioridade.

Quando tornamos tudo que queremos uma prioridade, as coisas passam a fazer mais sentido. Seu propósito começa a ser inabalável e blindado.

Você não dará mais ouvidos a frases tentadoras como “só hoje” ou “só um pouquinho”.

“Uma coisa é estudar a guerra, outra é ser um guerreiro.” — T. D’Arcárdia

Aprimorar é extremamente importante

medo do fracasso-mude pra ontem

Em 2014 fiz um curso de ediçao de vídeos. O professor dividiu a turma em duas e aplicou a seguinte tarefa: metade da turma deveria trabalhar no melhor vídeo que conseguissem produzir sobre um determinado tema e entregar no último dia do semestre.

A outra metade da turma estaria livre para fazer o vídeo da qualidade que desejassem, mas deveriam entregar pelo menos um ao término de cada mês.

Chegado o último dia do semestre, todos entregaram seus vídeos. Qual grupo você acha que entregou o melhor?

Sim. O grupo que entregava a cada mês. Mas por quê?

Eles tiveram a oportunidade de testar e melhorar sem o peso de terem o melhor resultado.

Enquanto o outro grupo (que inclusive era o meu) somente estudava — sem praticar — como desenvolver o melhor vídeo e todas as técnicas envolvidas.

“Feito é melhor do que perfeito.” — Sheryl Sandberg

Curta o seu percurso e comemore cada pequena vitória

medo do fracasso-mude pra ontem

Faça apesar das dificuldades e medo do fracasso. Nunca irá existir um dia ideal, e quanto antes você colocar o pé dentro da água fria, melhor. Não tenha receio do que vão pensar de você. Provavelmente não vão pensar nada.

Se relacione com pessoas que apoiam seus sonhos e metas. Curta o seu momento amador. Erre o quanto puder enquanto você não é referência. E mesmo quando estiver muito bom no que faz, continue errando. Assim surgirão grandes descorbertas.

Aplique essa mentalidade para qualquer coisa que esteja com medo de fazer. Desde coisas simples, como passar fio dental mais vezes, ou até mesmo passar em um vestibular. Acredite: fará toda a diferença!

Ao concluir esse texto, você tem duas opções:

  1. Começar hoje, agora, o que você sabe que precisa fazer com o que tem.
  2. Fechar esse artigo, continuar procrastinando e adiar seus sonhos com medo do fracasso.

Eu enrolei mais de 3 semanas para começar a escrever esse artigo. Isso porque, mesmo pensando sobre o tema, tentei me convencer de que, se aguardasse um pouco mais, poderia aprimorar e escrever muito melhor.

Sentei para escrever hoje para por fim a essa hiprocrisia. Lá no fundo eu sabia que se eu tivesse esperado mais um pouco, não haveria artigo algum.

Quando alimentamos mais nossa coragem do que nossos medos, passamos a derrubar muros e construir pontes.” — Mark Stive

Espero verdadeiramente que esse artigo tenha te ajudado. Se quiser falar sobre o ele ou o que se passa aí dentro, é só comentar aqui embaixo!

Te vejo numa próxima. Desejo boas escolhas e muito sucesso para você! =]

E-book grátis

Para potencializar ainda mais seus resultados, separei o meu e-book gratuito para você! Nele estão as 40 dicas  para uma produtividade milagrosa! Basta clicar no botão e efetuar seu download! ?

 

Jessika Mendes

Empreendedora apaixonada pelo mercado digital e a conexão entre pessoas online. Criou conteúdos para sites, é amante de produção audiovisual, design gráfico, ingressou no e-commerce e marketing digital. Sua missão é inspirar pessoas a subirem para o próximo nível, mostrar que a revolução pessoal está apenas no começo e que ainda há muito o que ser criado todos os dias. "Daqui a um ano, você vai desejar ter começado hoje."